domingo, 20 de maio de 2012

Insaciável – Meg Cabot

Ganhei "Insaciável" da minha única mais fiel leitora (mãe, te amo, tem continuação). Tentei resistir. Falhei miseravelmente. A minha dieta já era. Devorei até a última palavra. Começo o regime segunda-feira.

Se valeu a pena? E como. Estou inclinada a dizer que este é meu livro de vampiros favorito - e olha que metade da minha estante tem as criaturas (não chega a ser metade mesmo, eu que sou exagerada - além disso, alguns eu li emprestado). 

Mas chega uma hora que cansa, sim, Meena tem toda a razão. Ainda mais depois do boom pós-Crepúsculo. Estava, e ainda estou, enjoada dos sobrenaturais (apesar de não recusar livro nenhum - e não resistir a promoções - e acabar lendo qualquer coisa que pare na minha frente tempo suficiente, incluindo os ditos-cujos). A exceção foi "Insaciável", que eu estava louca para ler, faz tempo. Acho que justamente pelo clima você-não-aguenta-mais-vampiros?-Meena-também-não. É, ela também não consegue escapar deles. 

Meena Harper é roteirista de diálogos de uma novela - Insaciável - e se vê obrigada por sua chefe a incluir os sanguessugas na trama, para tentar recuperar a audiência, coisa que não a deixa nada feliz. A novela já tem 30 anos de vida, se não me falha a memória (e você achando que Malhação já deu o que tinha que dar), e é daquelas super exageradas - já contou  com assassinatos, sequestros, abortos espontâneos e não espontâneos...

Aliás, o livro todo é assim, exagerado. Meena é completamente maluca. Tem cada ideia que... bem, você descobrirá quando ler. Só vou dizer que quando eu não estava RINDO, eu estava rindo. Ah, e não é só ela, não. Os personagens todos são divertidos e inusitados - é um pior que o outro.

Todos os livros de Meena que estavam nas estantes da sala de estar tinham sido empilhados na banheira, e o chuveiro tinha sido deixado aberto para que ficassem encharcados. (...)
Só podia ter sido [segredo ;x]. O gesto trazia todos os sinais da tradição dele. Crueldade no estilo dos hunos.

Já deu para perceber que não dá para levar a história a sério, né? O livro todo é como uma grande paródia.

Repleto de referências a outros autores, como Charlaine Harris, Stephenie Meyer (sim, com direito a  alfinetadas em "Crepúsculo") e, é claro, Bram Stoker.

Eu sei que você já percebeu que o nome de Meena foi inspirado em "Drácula", mas não para por aí. Nem de longe. E teve algo que me incomodou nisso. 

Não vou falar exatamente para evitar spoiler, mas em "Insaciável" é dito que ocorre uma certa coisa em "Drácula" que, na verdade, não acontece - pelo menos não no livro. Não acho que a Meg (olha a intimidade) nunca tenha lido "Drácula" na vida - como certa dupla de "autoras" por aí - porque as outras coisas que ela fala realmente estão lá - como ela saberia do lagarto style se esse fosse o caso? -, só que acho que ela leu faz tempo rs.

Ah, e não é só com livros que "Insaciável" conversa. Sabe qual o nome do cachorrinho da Meena? Jack Bauer.


Uma última coisa: ao ler, estranhei a capa. Não que eu não tenha gostado - prefiro a daqui a todas as outras que eu já vi -, só que a Meena tem cabelo curto.

Peraí, mas você não falou nada sobre os vampiros. É verdade. Você quer mesmo saber? Bem, eles estão presentes, sim, mas nem é isso que faz a diferença na história.

Enfim, se você procura uma história divertida, ou se você gosta de encontrar easter eggs, ou se você quer apenas mais um romance sobrenatural, ou se você já enjoou deles, ou se você simplesmente procura um passatempo, leia "Insaciável". Acho que você não vai se arrepender.


Série Insaciável (Insatiable):


1 - Insaciável (Insatiable)
2 - Mordida (Overbite)


Crédito: imagem

2 comentários:

  1. Li Insaciável recentemente, para o Clube do Livro de que participo. Gostei, mas não amei. Não sou chegada a romance sobrenatural, comprei só porque todo mundo dizia que era engraçado e tal. Ri com algumas piadinhas, mas esperava gostar mais. Acho que, como zoação, A Caçadora, da Vivianne Fair é bem melhor. Eu morria de rir o tempo todo de tão sem noção que é.

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Ah, que pena que você não gostou tanto... acho que justamente por não ser muito chegada, né? Pode ser que algumas coisas tenham passado batidas, se você não leu os livros parodiados. Eu gostei bastante e achei bem engraçado, mas eu rio de quase qualquer coisa hehe. 
    Hmm, preciso ler esse "A Caçadora", então, obrigada pela dica! :)
    Bjs

    ResponderExcluir

Não esqueça de comentar! Adoro saber sua opinião! :)
Todos os comentários são respondidos e visitas retribuídas.
Não é necessário escrever: visite meu blog *link do blog* - na verdade, isso desestimula a minha visita.
Obrigada e volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...