quinta-feira, 28 de junho de 2012

O pecado mora ao lado

Depois de rir com conhecer os causos da Cíntia (e de contar alguns por lá), decidi usar meus dotes taxonômicos e mostrar quais as principais classes de vizinhos existentes pelo mundo.

Prepare-se, porque vem por aí o Festival da Boa Vizinhança.


domingo, 24 de junho de 2012

A arte e a ciência de memorizar tudo – Joshua Foer

O que você comeu ontem? Cadê suas chaves? O controle remoto da tv? E o telefone móvel (não vai me dizer que você vai ter que ligar pra ele pra encontrá-lo... de novo)? E pra que mesmo que você abriu a porta da geladeira?

Pois é, cada vez mais temos a sensação de lembrar cada vez menos. E, pra dizer a verdade, precisamos lembrar cada vez menos (quantos números de telefone você sabe de cor? Posso até ouvir você dizendo: "Pra quê? Salvo tudo no celular").

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Coração de Tinta – Cornelia Funke


Meggie estava em seu quarto, olhando a chuva pela janela, até que um estranho visitante aparece em sua rua.

Claro que ela corre para avisar o pai (qual criança não faria o mesmo?), e ele, para  surpresa da menina, decide se encontrar com o estranho à sua porta.

Mo (ela nunca chamara o pai de outra forma) manda Meggie para a cama, mas como ela poderia dormir com um visitante tão inusitado em sua sala? Até no nome ele era diferente - quem já conheceu alguém chamado Dedo Empoeirado? Claro que ela tinha que descobrir o que estava acontecendo - e faria isso escutando a conversa dos dois, escondida atrás da porta.

sábado, 16 de junho de 2012

Jane Austen é diva

Jane Austen se tornou uma das minhas escritoras favoritas. Eu *ainda* não li tudo que foi publicado por ela, mas estou me esforçando pra isso.

Dando sequência às minhas leituras, tirei Emma da estante. Quando comecei a ler, estranhei o fato de encontrar uma dedicatória.

Não só porque nos outros livros não tem nenhuma, mas é singular o "para quem ela dedicou" e, principalmente, a forma como o fez. Tão... respeitosa e enfaticamente.

Não sou estudiosa de Jane Austen, ou de Literatura inglesa, ou da Era Georgiana, mas sou uma pessoa curiosa. Então, googlando, encontrei uma historinha interessante sobre a tal dedicatória.

terça-feira, 12 de junho de 2012

Pequena Abelha – Chris Cleave

Às vezes eu penso que gostaria de ser uma moeda de uma libra esterlina em vez de uma menina africana. Todo mundo ficaria satisfeito ao me ver. Talvez eu fosse à sua casa no fim de semana e então, de repente, como sou muito inconstante, eu iria visitar o homem da loja da esquina – mas você não ficaria triste, porque estaria comendo um pãozinho doce com canela ou tomando uma Coca-Cola gelada, e nunca mais pensaria em mim.

Pequena Abelha é uma menina nigeriana que muda a vida de uma família inglesa. Sarah é uma mulher inglesa que muda a vida de uma família nigeriana. "Pequena Abelha" é um livro que muda a vida de quem quer que leia suas páginas.

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Pra minha mãe, pro meu pai e especialmente pra você

This is going to be...
Talvez você nunca tenha reparado e sempre pule logo pra história.

Afinal, é algo pessoal, que diz respeito ao autor e não acrescenta nada à trama. Além do mais, nunca é pra você mesmo.

Certo? Não tão rápido, caro são silvestrista.

Dedicatórias podem, sim, ser realmente interessantes - pra dizer o mínimo -, se você der uma chance.

Separei algumas das minhas favoritas nesta pequena compilação. Confira.

segunda-feira, 4 de junho de 2012

O que você faz da meia-noite às 6?

Eu tenho uns parafusos a menos. Só pode.

Comigo é assim: é só apagar a luz que as ideias não só penduram-se no trapézio, mas também fazem malabarismos, saltos mortais, acrobacias... com direito a duplo twist carpado e stützkehre (everybody googling it in 3...2...).


sexta-feira, 1 de junho de 2012

Parênteses

Bem, isso aqui é só pra dar uma explicação pro meu sumiço: estou doente (blergh!).

Virose Alguma infecção das vias superiores. É, fui pro hospital segunda-feira (a febre não baixava) e estou tomando remédio, com alguma melhora.

O último post (o do selinho anti-spam) só foi ao ar porque já estava programado (e, pelo que pude ver na rápida olhada no meu email, tem me perseguido, já que agora todo mundo resolveu colar spam no meu skoob - e tão fazendo isso como recado privado!).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...