segunda-feira, 30 de julho de 2012

Cilada – Harlan Coben


Eu não ia falar sobre esse livro, mas achei que deveria alertar o mundo.

Eu sabia que minha vida seria destruída se abrisse aquela porta vermelha.
Isso pode parecer melodramático e de mau agouro. Não sou lá muito chegado a nada disso. (...)
No entanto, enquanto eu caminhava em direção a ela sob a luz débil de um poste distante, a escuridão parecia se abrir como uma boca prestes a me devorar inteiro. Era impossível afastar a sensação de perigo iminente.

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Resposta Certa – David Nicholls

    PERGUNTA: Tropa de Elite é um filme brasileiro de 2007, dirigido por José Padilha, que tem como tema a violência urbana no Rio de Janeiro e as ações do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) e da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro. Além disso, o filme mostra a hipocrisia da classe média, representada pelos estudantes universitários...?
    RESPOSTA: Maria, Roberta Nunde e Edu.

Brian Jackson é um babaca. Um babaca que está indo para a faculdade. Na bagagem, a sensação de que tudo pode (e VAI) acontecer AGORA, de poder recomeçar, de se reinventar, de mostrar pro mundo que é alguém... enfim, suas expectativas chegam a Plutão. E, como quanto maior a altura, maior a queda, ele vai descobrir que as coisas (ele incluído) não são exatamente como ele pensa.


domingo, 22 de julho de 2012

Echo Park – Michael Connelly


Bosch balançou a cabeça afirmativamente e se aproximou da garagem. Respirou fundo pelo nariz. Já fazia dez dias que Marie Gesto havia desaparecido. Se ela estivesse no porta-malas, ele teria sentido o cheiro. Seu parceiro, Jerry Edgar, juntou-se a ele.
- Alguma coisa? - perguntou ele.
- Acho que não.
- Ótimo.
- Ótimo?
- Eu não gosto de casos que envolvem porta-malas.

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Como ganhar uma discussão na internet

Você sempre tem razão mas ninguém quer dar ouvidos? Cansou de ser ridicularizado na internet?

Seus problemas acabaram!

Continuando minhas observações pelo vasto mundo, se eu me chamasse Raimundo seria uma rima, não seria uma solução formulei o Super Manual Discussation Ganharator Deluxe.

Basta seguir esses 5 passos e qualquer discussão é sua.


sábado, 14 de julho de 2012

The Wonderful Wizard of Oz – Lyman Frank Baum


Dorothy vivia com Tio (Uncle) Henry e Tia (Aunt) Em numa fazenda no Kansas - um lugar completamente cinza. A casa, as árvores, a grama... até os tios da menina eram dessa cor-sem-cor. Somente Toto, um cachorrinho, é que não era cinza e salvou Dorothy de se tornar dessa cor também.

Certo dia, um ciclone atinge o local, levando a menina e o cachorro até a desconhecida e fantástica Terra de Oz (Land of Oz). Então, acompanhamos Dorothy em sua aventura pela estrada dos tijolos amarelos (yellow brick road) em busca de uma forma de voltar à sua terra natal.

Em sua jornada, a dupla passa por diferentes lugares, cada um associado a uma cor única, assim como a terra de origem de Dorothy. O leste, onde vivem os Munchkins, por exemplo, é associado à cor azul.

terça-feira, 10 de julho de 2012

O que é ressaca literária e como ela se manifesta?

Quando o problema não é você, sou eu.

Acho que quase todo mundo já passou por isso. Chega uma hora que, por mais interessado que você esteja num livro - pode até ter contado os dias pro lançamento -, simplesmente a coisa não vai.

Você o tira da estante. Olha pra ele. Até corre os olhos por algumas páginas. Ele olha pra você com cara de "não me abandone".

sexta-feira, 6 de julho de 2012

O Festim dos Corvos – George R. R. Martin


NÃO contém spoiler para quem não leu os livros anteriores da série.

As Crônicas de Gelo e Fogo é uma série extremamente ambiciosa, como os jogadores de Westeros. Falar sobre essa verdadeira muralha - já que é composta só de tijolos (quem costuma ler fora de casa que o diga!) - tem se tornado cada vez mais difícil. 

Que é envolvente e complexa, todo mundo já sabe. Que ela choca, frustra, está mais que óbvio. Que é impossível permanecer impassível, todos estão cansados de saber.

Então, do que falta falar? Falta falar daquilo que George R. R. Martin comentou nas notas finais: os buracos no muro.

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Sobre resenhas e lobos

O assunto é velho, pior do que velho, batido. Discute-se, de tempos em tempos, o que, afinal de contas, pode ser considerado resenha.

Quase toda a blogosfera já falou eventualmente sobre isso, mas o que motivou este texto foi, na verdade, um comentário de alguém que se recusava a marcar spoiler nas suas resenhas no skoob porque "resenha tem que ter spoiler ou não é resenha, se vocês acham que não, é porque são um bando de noob e mimimi...." (as palavras foram, obviamente, outras, mas o teor foi esse).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...