terça-feira, 10 de julho de 2012

O que é ressaca literária e como ela se manifesta?

Quando o problema não é você, sou eu.

Acho que quase todo mundo já passou por isso. Chega uma hora que, por mais interessado que você esteja num livro - pode até ter contado os dias pro lançamento -, simplesmente a coisa não vai.

Você o tira da estante. Olha pra ele. Até corre os olhos por algumas páginas. Ele olha pra você com cara de "não me abandone".


Mas não tem jeito, a leitura não rende, e, invariavelmente, ele volta pra estante.

É, não adianta fugir, você está com uma ressaca literária das bravas.

Atenção, fique atento aos sintomas! Essa doença tão temida ainda tem outras formas de manifestação: em vez de não ler mais nada, pode ser que você, recusando-se a crer que foi contaminado, insista e prossiga a leitura. É aí que o problema piora, e você passa a acreditar que nenhum livro presta. Mas, na verdade, não passa da doença falando por você.

- Mas como foi que eu peguei isso, Dra?

Sabe quando você terminou de ler aquele livro realmente bom, que mexeu tanto com você?


Ou quando você decidiu ler aqueles 30 livros por mês?

Então, a gente nunca acha que vai acontecer com a gente, mas acontece. A melhor forma de evitar é se precaver, evitando comportamento de risco: um dos fatores agravantes dessa patologia é o excesso de leitura.

Mas, calma, não se desespere: a doença tem cura, por pior que sejam os sintomas, uma hora eles terminam. Para acelerar o tratamento, a melhor coisa é repousar. Isso mesmo, descanse bastante, tire umas férias longe das estantes e, quando você menos perceber, estará curado.

E pronto pra outra.


PS: A última ressaca que me deixou realmente de cama (estou mais-ou-menos recém-curada) foi pós Sense and Sensibility (Jane Austen) - espero que a próxima recaída demore bastante.


Crédito: Eu ia apenas linkar a imagem, mas decidi comentar porque a Nia tem várias tirinhas divertidas, vale a pena conferir o site todo.


11 comentários:

  1. Seu espaço é o máximo!!
    Já seguindo, espero trocarmos muitas ideias, discutir ideias não pessoas (rsrs)
    Aos poucos estou lendo seus post, pois cheguei no pedaço agora através do blog da outra querida: Nanie...
    Amei o post sobre o Drácula de Bram Stoker.
    Volto para comentar!!
    Boas leituras!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada! :)
    Sim, eu também prefiro o campo das ideias rs (e falo sério, não aponto o dedo pra ninguém - a única exceção foi a menina que me plagiou, mas espero que isso nunca se repita).
    E gosto mesmo de discuti-las - pra mim a graça de ter um blog é essa :D
    Volte mais vezes sim, vc será sempre bem vinda!

    ResponderExcluir
  3. Li esse texto ontem enquanto ainda estava lendo "A Passagem" e pensei: Ah, é horrível mesmo, já passei por isso, pessoas infelizes são essas na ressaca literária, e eu aqui com esse livro tão bom.


    Até que o livro acabou.


    Foi tão súbito! Poxa, eu não esperava por isso. Só a noite caiu a ficha de que no dia seguinte eu teria que ter um novo livro pra por na mochila e nenhum brilhava na minha estante! Eu não queria ler nenhum! Queria continuar com o outro!


    Peguei o menor (150 páginas) e... bléh. E me disseram que o livro que tenho em mãos é muito engraçado o que se pode significar uma coisa... RESSACA! NÃAAAOOOOOOO!!


    Pra mim, a única cura é pegar leve e dar a sorte de encontrar um livro legal.

    ResponderExcluir
  4. Hahaha é bem assim mesmo!
    Mas sério que "A Passagem" é tão bom assim? Confesso que não esperava ><

    ResponderExcluir
  5. Pior que eu nem gostei tanto assim. O caso é que o livro é GRANDE. Fiquei duas semanas com ele, não dá pra desapegar fácil assim.

    ResponderExcluir
  6. Hahahaha! - comentário inútil o meu, mas é que não aguentei de rir :P

    ResponderExcluir
  7. Eu estive de ressaca durante todo o mês de junho. Depois, li um livro em dois dias, li metade de outro livro e passei uma semana sem ler. De ontem pra hoje, terminei a outra metade e li mais um inteiro. Só Deus sabe o que acontecerá amanhã, hahaha. Só sei que quero sair dessa e voltar ao meu ritmo normal.

    ResponderExcluir
  8. Nem me fale desses "sintomas tardios" - pensei que tinha finalmente me curado quando li "A Arte e a Ciência de Memorizar Tudo", mas não consegui engatar direito outros depois... li um curtinho, continuei enrolando com os dois que peguei no começo da ressaca (mas já coloquei de volta na estante porque vi que não vai dar), e antes de ontem li um policial tão rápido que até me espantei... só que agora não tem nenhum "brilhando" pra mim (como disse o Felipe)... acho que ainda vão uns dias até passar de verdade :|

    ResponderExcluir
  9. Estou no meio de uma...
    Comecei a ler A marca de Atena e n consigo nem olhar mais pra ele.
    Não sei mais o que fazer pra poder terminar ele
    Sempre que sento pra ler, leio um capitulo e não consigo mais

    ResponderExcluir
  10. A minha ressaca durou o ano de 2013 inteiro...nao consegui prosseguir com nenhum livro que eu tentei começar...mas finalmente estou curada e parto para o meu terceiro livro desse ano!!

    ResponderExcluir

Não esqueça de comentar! Adoro saber sua opinião! :)
Todos os comentários são respondidos e visitas retribuídas.
Não é necessário escrever: visite meu blog *link do blog* - na verdade, isso desestimula a minha visita.
Obrigada e volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...