quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Os 7 Pecados Capitais da Leitura

Essas perguntas foram postadas pelo Skoobnews, como estou de ressaca literária mais uma vez achei legal, resolvi responder.



GANÂNCIA: qual é o seu livro mais caro? E o mais barato?

Hmm, meus livros mais caros (não sei qual é O mais - não lembro os preços) são O Senhor dos Anéis, de J. R. R. Tolkien, e As Crônicas de Nárnia, de C. S. Lewis, comprados há MUITO tempo - na época em que livros eram trocados por rins.

  
O zóio da cara

Os mais baratos são Helena, de Machado de Assis, e Senhora, de José de Alencar - comprados naquelas maquininhas do metrô por R$2,00.

 
Preço de banana

IRA: com qual autor tem uma relação de amor/ódio?

Ultimamente, George R. R. Martin anda me dando nos nervos.

Adorável

GULA: que livro devorou e voltou a reler sem qualquer vergonha?

Eu já reli muitos livros. MUITOS mesmo. Mas os que eu mais reli (tantas vezes que perdi a conta) foram O Senhor dos Anéis, de J. R. R. Tolkien, Harry Potter, de J. K. Rowling (a série toda, por isso não especifiquei) e Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis.

A Esganada

PREGUIÇA: que livro você esqueceu ou deixou de lado por preguiça?

Os Miseráveis, de Victor Hugo. Ainda não criei coragem de ler nem o primeiro dos 3 volumes.

Esperando na estante...

ORGULHO: que livro você leu e gosta de falar para parecer extremamente intelectual?

Ah, eu leio bastante coisa, mas não costumo falar dos livros mais cultuados, como dá pra perceber pelo blog - em parte para não atrair a ira de literatos radicais. Mas estou tentando mudar isso, afinal, se alguém não gostar, ALT + F4 tá aí pra isso.

Então, respondendo, já li muitos livros "intelectuais", tanto nacionais quanto estrangeiros. Alguns dos que mais gostei são: Sagarana, de João Guimarães Rosa; Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis; Senhora, de José de AlencarJane Austen (todos que li até agora); A Metamorfose, de Kafka;  O Retrato de Dorian Grey, de Oscar Wilde; Jane Eyre, de Charlotte Brontë; Alice's Adventures in Wonderland and Through the Looking-Glass, de Lewis Carroll; O Morro dos Ventos Uivantes, de Emily Brontë... 

Ah, outros que também gostei de ter lido são Dracula, de Bram Stoker; Madame Bovary, de Gustave Flaubert; Triste Fim de Policarpo Quaresma, de Lima Barreto (é triste MESMO); São Bernardo, de Graciliano Ramos; Amar, verbo intransitivo, de Mário de Andrade; Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente; Vidas Secas, de Graciliano Ramos... enfim, a lista é gigante (quem quiser saber mais sobre o que eu já li ou não, dá uma olhadinha na minha estante - apesar de não estar completa - ou pergunta ali embaixo).

Claro que tem outros dos quais eu não gostei, como Iracema, de José de Alencar, e O Cortiço, de Aluísio Azevedo.

Cara de conteúdo

LUXÚRIA: quais as personagens mais atraentes que já encontrou nas suas leituras?

Vish! Pergunta difícil essa. *pula*


INVEJA: qual o livro que os seus amigos têm e que você gostaria de receber como presente?

Ihh, a lista é GRANDE. Encabeçada pelas rycas Rocco, Jorge Zahar e Companhia das Letras, claro.



E aí, vai me contar os seus?

2 comentários:

  1. Desejo muito todas as edições lindas e caríssimas da Zahar e da Cosac Naify >.<
    Adoro piriguetar os personagens, eu nunca conseguiria deixar esse item vazio.

    Meu livro mais barato, considerando a proporção preço/tamanho, foi As Crônicas de Nárnia. Comprei logo que o Submarino começou a vender por R$14,90. O mais caro foi uma ficção cristã da minha autora favorita que, com a conversão do dólar e o frete, saiu por uns R$80.

    Já li alguns dos livros que você citou no orgulho, mas a maioria eu nem considero tão "cults" como muita gente. Senhora, por exemplo, é um romance tão bonito e de leitura tão fácil. Eu era dessas que implicava com os clássicos, até descobrir que alguns podem ser muito legais.

    ResponderExcluir
  2. Ah, mas não respondi justamente pra não cometer injustiças!

    Eu pensei em avaliar o custo/benefício pra menor preço, mas daria muito trabalho - então optei por colocar o literalmente mais barato mesmo :)

    Pra mim, qualquer leitura é válida, citei esses pelo critério "considerados-literatura-de-verdade-por-aí". Muitos deles são de leitura fácil mesmo, as pessoas ficam com medo sem fundamento ("Sagarana" é um dos não-fáceis até você se acostumar com os regionalismos e neologismos, mas é muito bom). Eu também gostei bastante de "Senhora" (ainda quero ler todos os romances urbanos do autor), mas não pela "história de amor", gostei mais é da crítica-velada-embutida, por assim dizer (como a Aurélia dando preços aos candidatos a marido). Eu nunca tive problemas com clássicos, sempre gostei deles pra falar a verdade - assim como dos "isso-não-é-literatura".

    ResponderExcluir

Não esqueça de comentar! Adoro saber sua opinião! :)
Todos os comentários são respondidos e visitas retribuídas.
Não é necessário escrever: visite meu blog *link do blog* - na verdade, isso desestimula a minha visita.
Obrigada e volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...