sábado, 26 de janeiro de 2013

Como fazer um romance policial contemporâneo

Todo mundo sabe que a vida só passa a fazer sentido quando plantamos uma árvore, temos um filho e escrevemos um livro.

Pensando nisso, desenvolvi esse super manual, para que você possa cumprir pelo menos um dos seus objetivos de vida se aventurando no mundo do suspense. Não vai perder essa oportunidade única, né?


1) O Destemido

Primeiro as primeiras coisas, já dizia o velho sábio.
Então, antes de mais nada, você precisa não de um protagonista, mas do protagonista. Sim, um simples artigo faz TODA a diferença. 

Por que?

Porque, diferente de um protagonista, protagonista morde o sorvete com o dente da frente - até porque os do lado são pra pegar as balas.

Ah, ele também faz palavra-cruzada com caneta, mas isso é tão óbvio que nem precisa ser mencionado.


2) Uma Linda Mulher

Pode ser uma repórter enxerida, uma vítima fragilizada, uma esposa compreensível, uma viúva inconsolável, uma mãe desesperada... o importante mesmo é que ela seja extremamente atraente e caia nos encantos do  Destemido.

Ah, e sim, pode colocar mais de uma. Aliás, quanto mais, melhor, não?


3) Duro de matar

Sim, o Destemido pega bala com o dente, mas se ele não deixar nenhumazinha passar, qual vai ser a graça? Como a Linda Mulher que se faz de forte vai se derramar em lágrimas e confessar o seu amor no leito de morte do cara? Como o bandido vai rir na cara dele e confessar os seus crimes? Ou como vai revelar a localização da criança sequestrada que está prestes a morrer de fome, já que o Destemido, puxa vida, está a ponto de passar desta pra uma melhor?

Mas não tema, porque ainda que ele seja atravessado por um poste, no dia seguinte estará novinho em folha.

I'm still aliiive

4) Missão impossível

E o que o Destemido vai fazer com toda a sua destemidez?

Não importa, contanto que sua missão seja impossível.

Mas é claro que ele vai conseguir fazer - eu não precisava nem ter dito isso, né?


5) V de Vingança

Uma porção de injustiça, por favor.

De sobremesa, uma dose de vingança, já que, além de doce, é um prato que se come frio.


6) Reviravolta

Não é a reversal russa, mas imprescindível a reviravolta é.


7) A volta dos que não foram

Pra terminar, é fundamental que pelo menos um cara morto volte na hora crucial. Ou que alguém forje a própria morte. Se for o próprio Destemido Duro de Matar Vingador, você ainda tem a opção de todo mundo achar que ele morreu ou de só o bandido cair no truque.


Pronto.
Não esqueça de colocar meu nome na dedicatória.
E nos agradecimentos.


14 comentários:

  1. Descobri seu blog por acaso, e gostei, é muito divertido. Li Criança 44 e gostei, e embora não tenha lido ainda O Discurso Secreto, sua reação ao livro também foi engraçada

    ResponderExcluir
  2. Obrigada :)
    Também gostei bastante de "Criança 44", o que contribuiu muito pra decepção que foi "O Discurso Secreto" :P Depois que ler, não esquece de me contar o que vc achou!
    Seja bem-vindo e volte sempre!

    ResponderExcluir
  3. Hahahahah eu não leio muitos policiais, mas só pelas sinopses, já dá pra perceber esse padrão, mesmo. Ótimo post!

    Eu faço palavras cruzadas com caneta. Ei, autores, o que estão esperando pra escrever um policial sobre mim? Ignore o fato de eu ser super medrosa.

    ResponderExcluir
  4. Brigada, Cíntia :]
    Mas mesmo assim eu gosto de policiais hehe


    Hahaha! É, eu também faço x) (E tenho que escrever por cima quando erro... :P)

    ResponderExcluir
  5. Morri de rir com esse post, Raphaella!
    E você está certa \o/ O pior é que mesmo com todos esses clichês altamente reaproveitados pelos autores de policiais contemporâneos, eu continuo adorando o gênero e me divertindo com as leituras (embora, honestamente, espero sempre que o autor faça, ao menos, alguma coisinha para me surpreender).


    P.S.: Você e a @cintiamcr:disqus são doidas... eu não faço Palavra Cruzada de caneta >< Isso porque sempre tenho certeza da resposta, mas costumo estar errada (é... eu não penso nas demais respostas antes de preencher o espaço... então é muito frequente que eu use um sinônimo - até responde à pergunta, mas não encaixa com a outra resposta).


    Beijos,
    Nanie

    ResponderExcluir
  6. :D
    Uhum, eu também gosto bastante de policiais, mesmo com todos os clichês. Acho que esse tipo de livro nunca me enjoa realmente, como acontece com outros gêneros de vez em quando... tipo, por mais "chata" pra ler que eu esteja, eles sempre acabam me entretendo.



    Hahaha! O problema de fazer com caneta é ter que dar um jeito de arrumar depois ;)


    Bjs

    ResponderExcluir
  7. huahua
    do nada, um yoda e a reversal russa!

    palavra cruzada de caneta "tudo bem" (confesso que rasuro mais do que resolvo a cruzadinha de fato) mas o Destemido tem mais é que fazer o sudoku a caneta, e na primeira tentativa! (o espaço do quadrado costuma não ser o suficiente p/ mim. hahahaha)

    aah, tb não dispenso uma história investigativa (livro ou não)
    afinal, pode ser bom como V de vingança!! :D
    e, se vc se apegar, (quase) sempre pode ser estendido (mas talvez isso não seja algo tão bom :p) -- falando nisso, lembrei de um conto do J.D.Salinger que se chama "The Laughing Man" -- tem quase nada a ver com o assunto, na vdd, mas vale a pena comentar, de repente vc nao tem o que ler (difícil, neh... haha)!
    (dá p/ achar pela net! tem tb um monte de análise, mas eu ignoraria... xD)

    ResponderExcluir
  8. ;)


    Hahaha! Né? Sem contar que no sudoku eu fico 3 horas pensando antes de marcar um número e ainda assim dá errado x_x haha



    Uhum, uhum e uhum haha
    Uia, vou procurar! Obrigada pela dica, Cinthia! (Na verdade eu até tenho algo pra ler, mas não to gostando de nada que pego haha)

    ResponderExcluir
  9. Eu ri muito. Adorei!
    Realmente tem um monte de livros que seguem este pedrão, rs. E mesmo assim eu ainda leio o gênero. Sempre. kkkk


    Beijos,
    Carissa

    ResponderExcluir
  10. Eeee! :D
    Eu tbm leio (e gosto) bastante mesmo assim hehe
    Bjs!

    ResponderExcluir
  11. Beatriz Bernardy3 de maio de 2013 22:50

    Oi, tudo bom? (:

    Tenho um blog literário chamado Mundo Entre Livros e estou aqui para te convidar a conhecer ele.
    Se gostar pode seguir e comentar? Se tiver algum blog, eu retribuo! Obrigada!
    Blog: http://mundoentrelivros.blogspot.com.br/
    Página do blog no Facebook: https://www.facebook.com/MundoEntreLivros?ref=hl

    Beijão!

    ResponderExcluir
  12. Oi! Sim, e vc?
    Que coincidência, também tenho um blog! É esse aqui, ó: http://bit.ly/18nrGTz

    (talvez vc goste deste post específico: http://bit.ly/10gpCX5)

    ResponderExcluir

Não esqueça de comentar! Adoro saber sua opinião! :)
Todos os comentários são respondidos e visitas retribuídas.
Não é necessário escrever: visite meu blog *link do blog* - na verdade, isso desestimula a minha visita.
Obrigada e volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...