terça-feira, 5 de março de 2013

A Tale of Two Cities – Charles Dickens

Liberty, equality, fraternity, or death; — the last, much the easiest to bestow, O Guillotine!

*fecha o livro e encara*
– Ué, não vai mais ler?
– Não.
– Alguém morreu?
– Não.
– É ruim assim o livro?
– Não. Muito pelo contrário: é muito bom. Mais que muito bom. Um dos (se não o) melhores livros que eu já li na vida. E olha que nem terminei de ler pra dizer isso. O Dickens é realmente bom. MUITO bom. Sério. Ele consegue fazer crítica social com bom humor. Satiriza a coisa toda, coloca História (sabe, aquela com letra maiúscula) no meio, sem deixar de ser engraçado. É trágico e cômico. E ainda acrescenta um certo drama. Fala de coisas sérias conseguindo provocar risadas. E ainda dá umas lições de moral no meio de tudo. E escreve super bem. Ele sabe exatamente como manipular a linguagem. Até os títulos dos capítulos são incríveis. E... olha como começa, é um dos melhores começos que eu já vi: 
It was the best of times, it was the worst of times, it was the age of wisdom, it was the age of foolishness, it was the epoch of belief, it was the epoch of incredulity, it was the season of Light, it was the season of Darkness, it was the spring of hope, it was the winter of despair, we had everything before us, we had nothing before us, we were all going direct to heaven, we were all going direct the other way - in short, the period was so far like the present period, that some of its noisiest authorities insisted on its being received, for good or for evil, in the superlative degree of comparison only.
– Hmm... então por que você não vai mais ler?
– É que eu acho que sei o que vai acontecer.
– E?
– E eu vou ficar com muita raiva se eu estiver certa.
– Mas e se você não estiver certa?
– Mas e se eu estiver?
– Mas e se você não estiver? 
– Mas e se eu estiver? 
– Mas não dá pra saber se você não ler.
– Mas e se eu estiver certa?
– ...
– ...

2 semanas depois...



Nunca mais vou nem olhar pra um livro agora!


It was the best of books, it was the worst of books.

2 comentários:

  1. sempre que eu passo pela livraria eu fico meia hora revirando os títulos do charles dickens, e no fim eu pego outra coisa :p
    não é pelo mesmo motivo q o seu, mas dá a impressão q eu t entendo.... hahahaha

    ResponderExcluir
  2. hahaha
    Qual é o seu motivo pra fugir do Charles Dickens? *curiosa*
    Eu ficava sempre querendo ler algo dele também, mas nunca chegava às vias de fato. Aí comprei "Great Expectations" e "A Tale of Two Cities", mas também nunca tirava da estante (aliás, tirar, eu tirava, mas acabava colocando de volta sem ler haha). Quando finalmente fiz isso, vi que cara é realmente bom - gostei do livro desde o começo, o problema é outro :P


    Ah, eu li o "The Laughing Man"... o.o Coitados dos menininhos.

    ResponderExcluir

Não esqueça de comentar! Adoro saber sua opinião! :)
Todos os comentários são respondidos e visitas retribuídas.
Não é necessário escrever: visite meu blog *link do blog* - na verdade, isso desestimula a minha visita.
Obrigada e volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...